segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Resenha: Geekrela - Ashley Poston

Uma releitura de um dos contos de fadas mais adorados de todos os tempos, em Geekerela além de uma madastra e irmãs megeras temos também um seriado, fandom, um remake hollywoodiano e claro, uma abóbora mágica.

Cinderela é um dos meus contos de fadas favoritos, então sempre tento ver tudo que é inspirado nele, mas nem sempre acertam na mão, né? Ás vezes fica muito previsível, outras mudam totalmente a história que nem dá pra dizer que é realmente uma adaptação. Em Geekrela tudo se encaixa, Ashely Poston teve a brilhante ideia de criar um universo chamado Starfield que entrelaça os personagens.

Elle Wittimer é uma super nerd, que desde a infância por influência de seu pai, ama um seriado chamado Starfield, ela tem inclusive um blog para comentar os episódios. O seriado acabou já faz um bom tempo e eis que Hollywood decide fazer um remake e para o papel principal, o herói Carmindor, é escolhido ninguém menos que Darien Freeman, o mais novo galã entre o público adolescente, um daqueles atores que segundo Elle não perde a oportunidade de mostrar o corpo sarado e fazer as menininhas irem ao delírio. Para ela isso era um pesadelo, já que ela não queria que estragassem o seriado tão importante em sua vida. Ela então não hesita em fazer uma crítica contundente em seu blog quanto a escolha de Darrien.

Darrien assim como Elle acredita que ele não é o certo para o papel, ele sempre foi nerd e ama o seriado, logo não quer desonrar a sua história e nem os fãs, mas em sua vida tudo estava acontecendo muito rápido e ele não poderia recusar um papel, já que este é um daqueles papeis que mudam a vida de um ator para sempre, o mínimo que ele pode fazer então é dar o seu melhor.

Além de ser super fã de Starfield e blogueira, Elle também é encarregada dos trabalhos domésticos dentro de casa, sua madrasta e suas filhas são aquele clichê de tudo que é baseado no conto de fadas, Elle trabalha também em um food-truck de comida vegana, o ‘abóbora-mágica’ para juntar dinheiro e fugir de sua madastra.

Quando Elle descobre que na próxima convenção de Starfield irá acontecer um concurso de cosplay e o prêmio é muito interessante, ela decide que fará tudo que for possível para ganhar. Por outro lado, Darrien quer fazer de tudo para não aparecer nesta convenção, ele estava recebendo muitas críticas e não queria ser massacrado e quando ele descobre o telefone de um dos organizadores da convenção, ele não hesita em mandar uma mensagem.

Só que o destino conspira e a blogueira e o ator começam uma troca de mensagens, nas quais aos poucos vão se identificando sem saber a identidade de quem está do outro lado. Será que Darrien irá conseguir ficar no papel? Será que Elle irá ganhar o concurso? E o que irá acontecer quando descobrirem com quem estão se correspondendo?

Enquanto vamos nos divertindo a cada novo capítulo, ora narrado por Elle, ora por Darrien, vamos também conhecendo mais sobre o universo de Starfield e o seu herói destemido, o Carmindor. Ashley Poston conseguiu honrar muito bem o universo nerd, um seriado ou um filme não são simplesmente um seriado e um filme, tem muito mais ali, as vezes podem ser o que faz a vida de um fã melhor, a sua válvula de escape ou aquilo que dá forças para acreditar num futuro melhor, tá, tem também a parte da diversão e tal, mas inclusão, alteridade, acreditar em si mesmo e em seus próprios sonhos, são características de Starfield e de muitas outras muitas séries ou filmes ou livros, que nos ajudam a viver melhor essa vida e a pensar mais sobre as pessoas que estão ao nosso redor. Junta tudo isso e a inspiração no conto de fadas e temos a Geekrela.

Sério, alguém poderia produzir Starfield eu curti muito e acho que daria super certo, alô Hollywood! Tem muitas referências ao longo do livro, desde claro ao conto de fadas da Cinderela a Senhor dos Anéis, foi muito legal mostrar a experiência de um nerd numa convenção, todo mundo que curte esse universo nerd deve ir em uma convenção pelo menos uma vez na vida, é uma experiência única, a mensagem principal é sobre os sonhos, a gente nunca deve deixar de acreditar neles, por fim: Apontar para as estrelas. Mirar. Disparar.



“Conforme a Nebulosa Negra engolia os mundos um a um, envolvendo-os em escuridão, muitas histórias foram contadas sobre uma pequena fagulha de luz que brilhava mais que uma estrela, reacendendo as esperanças quando tudo parecia perdido. Esta é a história da nave estrela Prospero e seu último voo.” (Monólogo final, Starfield, episódio 54).